Sistema de Ensino em Portugal: Como funciona

Entender como funciona o sistema educacional em Portugal é de suma importância para os brasileiros que planejam viver em Lisboa, Porto, Braga ou qualquer outra cidade portuguesa. 

Entenda tudo o que você precisa saber sobre os níveis de educação, o ano escolar e os documentos necessários para matricular seus filhos.

Com sua proposta de segurança e qualidade de vida, Portugal se tornou um dos lugares mais procurados pelos brasileiros que sonham em se mudar para outro país. 

É importante entender como funciona a educação primária e secundária portuguesa, particularmente se há crianças e adolescentes na família. Caso você precise de ajuda, você pode contar também com assessoria especializada em cidadania portuguesa da Você Português.

Como é o sistema de educação em Portugal?

O país lusitano possui um sistema de educação de qualidade, desde o 1º ao 4º ano de escolaridade. 

O sistema educacional de Portugal está dividido em três níveis: 

  • Primário; 
  • Secundário e
  • Superior. 

É importante que você tenha completado pelo menos 12 anos de estudo.

Ensino primário

Os pais que decidem viver em Portugal com sua família precisam matricular seus filhos em uma nova escola. A inclusão de filhos de imigrantes é mais fácil com a ajuda de professores qualificados em instituições educacionais. 

Esclarecer como funcionam as coisas para os alunos recém-chegados é algo que os colegas de classe são instados a fazer.

Quando a criança tem seis anos de idade, a educação básica é obrigatória. Ela começa a frequentar as aulas frequentemente no 1º ciclo, que vai da 1ª à 4ª série. A 5ª e 6ª séries são equivalentes ao segundo ciclo. Os adolescentes passam pelo 3º ciclo do 7º ao 9º ano para concluir o curso no ensino fundamental.

Ensino secundário

A educação secundária em Portugal e no Brasil é a mesma. Com um período de três anos, os estudantes podem lidar com os desafios da vida profissional.

Diferença entre escolas públicas e privadas

A educação pública no Brasil é vista, infelizmente, como deficiente em muitos aspectos. Em Portugal não é este o caso, na verdade, é o inverso. As escolas privadas são menos respeitadas do que as públicas.

Para matricular seus filhos em uma escola pública portuguesa, os pais precisam fazer um pagamento por alimentos e livros escolares. O valor varia de acordo com os níveis de imposto de renda. 

As pessoas que ganham mais, contribuem mais. Entretanto, não há uma taxa de matrícula no ensino fundamental e médio.

Se você quiser colocar uma criança no sistema educacional em Portugal, você deve matriculá-la na escola mais próxima ao endereço da família, pois a prioridade será dada a você. 

Se não houver vagas na rede pública, a única outra opção é ir para a educação privada. O custo do ensino em escolas privadas em Portugal está entre 80 e 400 euros.

Crianças com menos de 6 anos

Não há creches públicas em Portugal como há no Brasil.

 O custo médio para deixar uma criança em uma creche privada é de US$ 150 por mês para os pais possam trabalhar.

Melhores Escolas Portuguesas

As melhores escolas primárias e secundárias portuguesas foram classificadas com base nas notas obtidas pelos alunos nos exames nacionais.

  • Colégio Nossa Senhora do Rosário (Porto)
  • Colégio D. Diogo de Sousa (Braga)
  • Colégio Manuel Bernardes (Lisboa)
  • Colégio de Santa Doroteia (Lisboa)
  • Colégio São João de Brito (Lisboa)
  • Salesianos de Lisboa (Lisboa)
  • Colégio St. Peter’s School (Palmela)
  • Colégio Luso-Francês (Porto)
  • Colégio Nova Encosta (Paços de Ferreira)
  • Externato Ribadouro (Porto)

Documentos necessários para realizar a matrícula

É necessário que os brasileiros preparem certos documentos para matricular seus filhos nas escolas portuguesas. De fato, eles são:

  • Histórico escolar;
  • Carteira de vacinação;
  • Passaporte da criança ou do adolescente;
  • Ficha de matrícula preenchida;
  • Comprovante de residência.

O tempo de matrícula da escola varia. Entre fevereiro e maio é quando é necessário entrar em contato com a instituição de ensino.

Quais são os horários de aula e Ano letivo?

Os estudantes precisam trabalhar 25 horas por semana no 1º ciclo. Aqueles que estão no 2º e 3º ciclos enfrentam uma semana de trabalho de 30 horas.

A maioria das instituições educacionais em Portugal começa e termina suas aulas às 9h e 15h30min. É possível que os pais paguem uma taxa para que seus filhos permaneçam mais tempo na escola e aproveitem as atividades extracurriculares no final do dia.

O ano escolar de Portugal é diferente do do Brasil porque respeita as estações do ano no continente europeu. Nas escolas portuguesas, as aulas duram até janeiro do ano seguinte. O semestre dura de fevereiro a junho. As férias escolares decorrem de junho a setembro na Europa.

Ensino Superior

A entrada no ensino superior em Portugal, como brasileiro, tornou-se mais fácil nos últimos anos. 

O Enem pode ser usado como meio de entrada em 34 faculdades portuguesas. 

É possível aos estudantes escolher entre uma universidade e uma educação politécnica. Os diplomas de Licenciatura, Mestrado e Doutorado são concedidos pelo primeiro sistema. Somente os bacharéis e mestres são treinados pelo segundo sistema.

Comentários estão fechados.