Dor no final da coluna cóccix: saiba as causas e como aliviar

Você está sentindo uma dor no final da coluna cóccix e não faz ideia do que se trata?

Esse pequeno osso localizado na parte inferior da coluna pode às vezes provocar dor, seja por uma queda, luxação, ciática, apenas para citar algumas causas.

Conforme publicado no blog do site do Dr. Aurélio Arantes, ortopedista especialista em coluna, em caso de dores persistentes, o melhor a fazer é marcar uma consulta com um médico especialista, a fim de avaliar o quadro e propor o tratamento mais adequado.

Para tirar todas as suas dúvidas sobre dor no cóccix, desde entender as causas até como tratar, reunimos aqui as principais informações!

Dor no final da coluna cóccix: o que é?

O cóccix é um osso localizado na extremidade da coluna vertebral, logo acima do glúteo, e é uma espécie de uma pequena bola dura que podemos sentir passando o dedo.

Lembre-se formam-se o cóccix por quatro (às vezes cinco) pequenas vértebras, mais ou menos soldadas entre elas. Por isso, que podem ser ligeiramente móveis umas em relação às outras, graças à presença de articulações e ligamentos.

Quanto à dor no final da coluna cóccix, é chamada de “coccidínia”,  que embora benigna, incomoda bastante.

Geralmente, surgem-se as dores quando você se levanta ou se senta em uma cadeira. E podem ser tão fortes que impedem ficar na posição sentada.

E como pode haver outras dores na parte inferior das costas, por exemplo, ligadas às vértebras lombares, é necessário consultar um especialista em coluna para se certificar da causa da dor.

Quais as causas de dor no final da coluna cóccix?

A dor no final da coluna cóccix é devido a um movimento inadequado ou deslocamento do cóccix.

O cóccix, localizado no prolongamento do sacro, pode estar mais ou menos encurvado para o interior. Assim, mais ele está alinhado sobre o sacro, mais o cóccix está protegido de traumatismos.

As causas para dores no cóccix podem ser diversas, como posturais, traumáticas ou associadas a algumas doenças, entre as quais podemos destacar:

  • Sedentarismo;
  • Más posturas e/ou repetidas;
  • Práticas esportivas inadequadas, como equitação, ciclismo;
  • Problemas musculoesqueléticos, como lombalgias crônicas;
  • Gravidez e pós-parto;
  • Fraturas e luxações;
  • Entorses;
  • Artrose;
  • Bursites;
  • Sequelas de traumatismos;
  • Doenças ginecológicas;
  • Estresse.

Alguns fatores como obesidade e anatomia do cóccix podem estar associados às dores, e mais raramente, um tumor, infecção ou inflamação da articulação.

Dor no final da coluna cóccix: quais os sintomas?

É um tipo de dor descrita pelo paciente como uma dor intensa, superficial ou profunda, que pode vir acompanhada de queimação.

A dor no final da coluna cóccix pode piorar na posição sentada, sobretudo em uma cadeira dura, e pode se tornar mais intensa ao se levantar, ao andar ou durante uma relação sexual.

Também pode afetar a qualidade do sono, pois a pessoa não consegue encontrar uma posição confortável para dormir.

Outro sintoma relatado é a dificuldade em dirigir ou executar determinados movimentos, como curvar a coluna.

Como diagnosticar dor no cóccix?

O médico ortopedista realiza um exame clínico, fazendo a palpação superficial ou pressionado a ponta do cóccix, e assim, é capaz de avaliar a dor.

Analisa-se, também, o histórico do paciente, e investigar se houve alguma queda, bem como o seu estilo de vida.

Existem casos que pode solicitar uma radiografia para avaliar a presença de fratura, ou uma ressonância magnética lombossacra, no caso do paciente se queixar de maior sensibilidade na região.

Outro exame é o raio-x dinâmico da coluna lombossacra, usado para avaliar ângulos de rotação da coluna lombar e rotação pélvica, assim como mudanças na posição e alinhamento do cóccix ao se levantar ou sentar.

Leia também: Coluna Vertebral: 3 tecnologias que irão beneficiar a cirurgia

Como aliviar a dor no final da coluna cóccix?

A medida mais simples para aliviar a dor devido a um traumatismo é evitar se apoiar sobre o cóccix, até mesmo com o auxílio de uma bóia de criança ou almofadas ortopédicas.

Analgésicos podem ser prescritos na fase aguda a fim de diminuir a dor, ou um relaxante muscular.

Indica-se sessões de fisioterapia para propiciar mais mobilidade, e também funcionam para reduzir a dor e promover o relaxamento do assoalho pélvico.

No entanto, se nenhum dos tratamentos convencionais funcionar, uma cirurgia pode ser indicada para reposicionar o cóccix ou mesmo para remover o cóccix, no entanto, é um procedimento raro.

Como prevenir a dor no final da coluna cóccix?

Como algumas pessoas têm maior predisposição para ter dor no cóccix, algumas medidas podem ser adotadas para prevenir as dores:

  • Evitar ficar longos períodos na posição sentada;
  • Usar almofadas ortopédicas, pois permite retirar o excesso da pressão sobre o cóccix;
  • Adequar os equipamentos esportivos, como o banco da bicicleta;
  • Fazer acupuntura, pois ajuda a relaxar a musculatura e liberar as tensões;
  • Aplicar compressas quentes ou frias, porque funcionam como anestésicos.

Portanto, sente dor persistente na região do cóccix? A medida mais acertada é consultar um ortopedista especialista em coluna, para o correto diagnóstico e tratamento mais adequado.

Post Anterior: Marketing Médico em Goiânia: qual estratégia usar? Como investir nisso?

Siga-nos no Google News