7 regras de estilo simples que os designers de interiores usam

O estilo da casa pode muitas vezes parecer esmagador e sem fim. Nós vasculhamos lindas publicações sobre casa e estilo de vida e aspiramos por aquele visual polido e perfeito de revista.

Alguns de nós até procuram ajuda profissional para conseguir uma casa com um estilo perfeito – e os designers de interiores podem valer o seu peso em ouro. Eles têm um estilo fabuloso, são ótimos em encontrar peças difíceis de encontrar e têm um olho meticuloso para os detalhes.

Mas aprender o básico do estilo não é tão difícil e isso lhe dará o poder de transformar completamente sua casa, sem contratar um designer de interiores.

1. Como estilizar um espaço pequeno

Só porque você tem um espaço pequeno não significa que você deve ter móveis minúsculos. Na verdade, candeeiros de chão grandes, tapetes ou obras de arte podem fazer com que o seu quarto pareça maior. E o inverso também é verdadeiro.
Se você é abençoado com grandes espaços abertos, não escolha apenas móveis grandes. Certifique-se de emparelhar seu sofá grande com mesas laterais pequenas e agrupadas.
Crie vinhetas de pequenos tesouros em suas estantes e buffet. Agrupe obras de arte menores em vez de depender de uma peça enorme. E coloque tapetes para ancorar cadeiras e mesas e criar ‘zonas’ vivas.

2. Não confie em downlights

As luzes do teto são, francamente, um infortúnio. Se você confiar apenas em seus downlights de teto, você terá dificuldade para criar calor – e poderá causar dor de cabeça.

Certifique-se de ter uma boa combinação de luminárias de chão, luminárias de parede e pequenas luminárias de mesa para garantir uma ampla variedade de opções de iluminação ambiente.
Aponte as fontes de luz em diferentes direções para criar sombras interessantes e destacar itens especiais como arte. E queimar velas, muitas velas.

3. Use cor

A cor voltou ao estilo de casa, e isso só pode ser uma coisa boa. Mas como regra de estilo simples, nunca misture tons de cores.

Portanto, se você adotou cores primárias ousadas, adicionar um rosa escuro ou marrom chocolate vai colidir completamente – e não enlouqueça demais com a cor ou você criará uma sala difícil de relaxar.

Atenha-se à regra 60/30/10: 60% de cor principal (vamos usar taupe como exemplo), 30% de tom secundário (agora tente azul marinho) e 10% de tom de destaque, que deve complementar, mas contrastar com os outros dois (aqui , usaríamos verde-azulado ou laranja queimada).

4. Simetria

Enquanto alguma simetria pode funcionar lindamente em casa, um espaço que tem tudo alinhado com precisão pode parecer clínico e obsoleto.

Uma regra de estilo simples é ‘evitar convenções’ – use diferentes formas e tamanhos de travesseiros, obras de arte em cluster ou até mesmo tenha cadeiras de jantar que não combinem.

4. Faça diferente

Diferente é sempre melhor se você quiser criar uma casa cheia de personalidade que vai amar para sempre.

Este é um dos erros de estilo mais comuns que fazem os designers de interiores se encolherem.
Aderir rigidamente a um ‘tema’ ou paleta de cores resultará em um espaço obsoleto que parece uma nova casa de exibição de subúrbio.
Da mesma forma, escolher obras de arte que combinem com seus móveis macios é um não-não. As almofadas podem mudar, a arte é para a vida.

5. Arte seja pendurada no nível dos olhos

Falando em arte, outra regra de estilo simples é garantir que sua arte seja pendurada no nível dos olhos.

Você perderá o impacto da arte se tiver que olhar para cima para vê-la corretamente. E antes que você me diga que seu nível de olho é muito diferente do de outros membros da família, apenas aponte para um meio-termo feliz – apenas não o pendure no nível dos olhos do membro mais alto da família.

E lembre-se de pendurar sua arte um pouco mais abaixo nas áreas de jantar e salas de estar, onde você provavelmente estará sentado.

6. Utilize plantas na decoração

Lindas plantas trazem vida a um espaço e fazem com que ele se sinta em casa. Todos os estilistas que se prezem incluirão muito verde em sua casa recém-estilizada – mas é tão simples de fazer você mesmo!

Basta selecionar uma planta que se adapte à quantidade de luz em sua casa e se você está indo para altura ou baixa e frondosa. Há um monte de plantas de interior incríveis para atender às suas necessidades exatas.

7. Saúde mental

E não se esqueça de que as plantas não só ficam ótimas, mas também são ótimas para nossa saúde mental e física.