Connect with us

Negócios

Quando devo fazer um projeto preventivo contra incêndios?

Published

on

O projeto preventivo contra incêndios, como o próprio diz é uma forma de evitar acidentes e não apenas combatê-los. Ele é criado por um profissional apto, como o engenheiro, para dimensionar em uma construção o tamanho, tipo e local dos componentes do sistema de prevenção de incêndio. Por meio dele serão definidas as saídas de emergência, assim como suas sinalizações, localização de extintores, entre outros.

Todas as construções correm riscos de incêndio, seja por causas naturais, como raios ou originárias do próprio ambiente. Mas como saber quando fazer o projeto preventivo contra incêndios? Saiba mais lendo esse artigo.

Importância do projeto de prevenção contra incêndios

No Brasil, o projeto de prevenção contra incêndios está se tornando cada vez mais presente nas construções. Pelo fato de a principal causa das mortes ser a exposição à fumaça, o projeto deve ser feito pensando também em como o indivíduo irá deixar o ambiente o mais rápido possível. Ele deve ser incluído desde o começo da obra em conjunto com os projetos arquitetônico, elétrico, hidráulico, estrutural, entre outros

Como se sabe, locais que possuam grande circulação de indivíduos precisam investir no projeto de prevenção contra incêndios, o qual deve ser feito somente por um profissional especializado já que é ele quem irá cria-lo de forma segura e de acordo com as normas.

Contudo, esse projeto não é somente para atender regras do Corpo de Bombeiro. Acima de tudo está a vida e a segurança das pessoas que frequentam o estabelecimento, sendo um verdadeiro investimento para prevenção de acidentes com fogo. É importante além de combater, entender suas causas e é por isso que o projeto existe. Isso porque o incêndio não controlado pode destruir tudo o que tocar, sendo os sistemas fundamentais para salvar vidas.

Por meio do projeto são criados sistemas correlacionados que têm como objetivos diminuir o risco de incêndio, controlar o mesmo quando está em estágio inicial, evitar que ele se espalhe (limitando a área com corta-fogo), criar saídas de emergência funcionais, facilitar o combate ao incêndio, entre outros.

Quando fazer?

Agora que você entendeu que o projeto preventivo contra incêndio é imprescindível para salvar vidas, é preciso saber se você precisa incluí-lo em sua edificação.

Por mais que seja bom senso criar um projeto preventivo e o mesmo deveria fazer parte de todos os estabelecimentos públicos, a lei, no entanto, determina para alguns casos:

  • Prédios comerciais de serviços ou locais que recebem uma concentração de pessoas igual ou acima de 100 frequentadores, seja coberto ou descoberto.
  • Locais em que circulam, em sua maioria, idosos, portadores de deficiência ou crianças, mesmo em quantidade menor que 100 pessoas;
  • Edifícios que contenham em seu interior grandes quantidades de inflamável;
  • Imóveis públicos ou locais ocupados por órgãos governamentais.

É importante deixar claro que as legislações são estaduais e para entender como deve ser feito o projeto preventivo contra incêndios é preciso verificar as leis de acordo com seu estado.

Quem pode elaborar o projeto de prevenção contra incêndio?

Como falado, o projeto pode ser elaborado somente por profissionais habilitados, ou seja, com nível superior e credenciados no Conselho Geral de Engenharia e Agronomia. Além disso, o mesmo deve ter autorização para realizar e assinar a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) que nada mais é do que uma forma de definir quem serão os responsáveis técnicos por alguma obra ou prestação de serviços. O Técnico em Segurança, se registrado no CREA e apto a emitir ART também pode realizar o projeto de prevenção contra incêndios.

Esse profissional, além de criar o projeto, irá implementar as medidas de segurança necessárias e realizar qualquer mudança solicitada pelo Corpo de Bombeiros, que é o órgão responsável pela fiscalização e controle.

Elementos necessários

Além das normas atendidas, cada estado define algumas regras para implementar um sistema preventivo contra incêndio, precisando estar atento às exigências de cada um deles. Contudo, um sistema eficiente pode ter:

  • Redes de Hidrantes;
  • Extintores;

Continue Reading

Moda

Como comprar roupas direto da fábrica online

Published

on

comprar-roupas-direto-fabrica

Se você deseja comprar roupas sem enfrentar grandes multidões, filas, prateleiras confusas, carregar sacolas pesadas e que apertam os pulsos, comprar online é uma boa opção.

Assim é possível evitar esses desconfortos e receber em casa os produtos adquiridos.

Mas a internet é um lugar de muitas variedades com inúmeras plataformas de vendas online, e nem todas oferecem um display interativo, agradável e de fácil utilização.

Pensando nisso, a plataforma www.mareatacado.com.br tornou possível comprar roupas direto da fábrica online.

E quais dicas são importantes para realizar as compras?

Procure saber sobre a loja

Saber sobre a loja virtual, os produtos que ela oferece, as ferramentas disponíveis e a política adotada garantem mais segurança para as suas compras. Por exemplo, procure saber se a loja atende todo o Brasil ou a região onde quer receber os produtos.

Caso tenha alguma dúvida sempre é possível entrar em contato por um telefone, e-mail ou inbox disponibilizado na página da loja.

Compartilhe, com o lojista, a sua experiência ao comprar

O link “contato”, nas lojas virtuais, possibilita a comunicação de elogios e reclamações sobre algo que acredite poder melhorar.

Tenha em mente que o lojista, ao disponibilizar esse espaço de comunicação, deseja melhorar a experiência de seus clientes e tomar conhecimento daquilo que é agradável para fortalecer esses pontos.

Por isso, seja educado e considere as mudanças que estão ao alcance do lojista. Por exemplo, se você mora em um local de risco, a logística do produto pode ser prejudicada dificultando a entrega quando comparada a outras regiões mais acessíveis.

Facilite a sua compra utilizando os filtros da página virtual

É possível filtrar preços, tamanhos das peças, moda feminina e masculina, infantil, plus size, fitness, de verão e inverno, bem como outras possibilidades oferecidas pela loja virtual.

Por exemplo, um link como comprar roupas direto da fábrica online filtra todas as peças de fábrica, disponíveis para venda.

De outra forma, o link “moda feminina” filtra todas as peças femininas para o cliente.

Esteja atento às promoções na plataforma online

O Black Friday e outros eventos costumam incentivar os lojistas a fazerem promoções em seus itens e a intensificarem suas campanhas.

Acompanhar, por meio das redes sociais da loja, deixará você por dentro dessas ofertas.

Saiba sobre o processo de envio

Evite dor de cabeça e conheça como são feitos os envios, qual é a taxa cobrada para a sua região e o prazo de entrega.

Isso pode ser feito logo após a compra virtual e o fornecimento do CEP. Imediatamente o valor do frete e o prazo de entrega aparecerão na tela.

E lembre-se, é bom ter paciência. Tenha em mente que a logística depende do trabalho dos Correios ou da empresa contratada para fazer a entrega e a entrega depende da acessibilidade do trajeto.

Além disso, após comprar roupas direto da fábrica online também é interessante preparar-se para receber o produto. Para isso rastreie o seu pedido.

Basta ter o número de rastreamento e acompanhar em que parte do trajeto está o seu produto, bem como a previsão de recebimento.

As melhores lojas virtuais oferecem esse número e um link de acesso. Isso facilita o recebimento, permitindo programar-se para ter alguém em casa no dia previsto.

Gostou dessas dicas? Para saber mais e obter outras como estas, continue acessando o site da Maré Atacado.

Continue Reading

Negócios

Você conhece o Bioconcreto? Concreto Biológico

Published

on

como-funciona-bioconcreto

As estruturas de concreto armado causam grandes problemas para o meio ambiente, devido ao grande consumo de energia para a produção e utilização do concreto e do aço, assim como, a enorme emissão de CO2 na fabricação do cimento.

O cimento é responsável por 7 a 12% da emissão de diòxido de carbono na atmosfera.

Existem também altos custos na recuperação e na manutenção desses tipos de estruturas. Com tantos problemas, muitos cientistas procuram desenvolver uma solução, ou seja, um concreto alto recuperável.

O concreto alto recuperável irá evitar que seja feito uma possível recuperação, dessa forma reduzir os gastos.

Além de tudo isso, normalmente quando se vai recuperar uma estrutura de concreto, utiliza-se produtos e resinas, que em todos os casos, também prejudica o meio ambiente.

Concreto que auto se regenera, pode parecer estranho mais é isso mesmo, o bioconcreto é um concreto que quando sujeito a rachaduras, ativa uma bactéria que faz com que as fissuras sejam eliminadas.

Conheça essa tecnologia que está sendo muito visada e que pode proporcionar grandes economias na construção civil.

Sua utilização

O concreto biológico está sendo utilizado em duas linhas de pesquisas:

Concreto para fachadas naturais: Possui corporação, além de microorganismos, musgos, linques, permitindo a proliferação desses organismos na estrutura. Funciona basicamente como um jardim vertical, o que proporciona um visual mais sustentável.

Concreto que alto se regenera: É basicamente como nossa pele, que se regenera de cicatrizes, no concreto biológico não é diferente quando as fissuras são até 0,8 milímetros ele conseguira se reconstituir.

Problema do Concreto

Como todos sabemos o concreto é um material muito importante na construção civil, mais um grande problema relacionado a fissuras, pequenas rachaduras que proporcionam a infiltração de água.

Essas infiltrações de água nas peças de concreto armado podem causar corrosões, deixando a estrutura em estados críticos.

Contudo apesar de todos os cuidados que existem para evitar esse tipo de problema, ainda sim com o passar do tempo a estrutura de concreto ainda pode ser submetidas a pequenas fissuras.

Nestes casos são necessários manutenções constantes. Para resolver esse problema foi desenvolvido o bioconcreto que se regenera, ele fechará as fissuras sozinho e impedirá que a água ou outros líquidos permeia pela estrutura.

Como funciona o Bioconcreto?

Temos diversas rachaduras em todas as regiões, sejam elas em sua casa, asfaltos e outros lugares, resolvendo esse problema um microbiologista descobriu uma bactéria que quando se encontra em contato com a água é capaz de produzir calcário.

Este microbiologista teve a brilhante ideia de colocar essa bactéria em uma cápsula com o alimento necessário, para que quando houver chuvas a água que entra pelas rachaduras, entrará em contato com a cápsula e a bactéria irá produzir calcário.

Dessa forma dentro de aproximadamente 3 semanas a fissuras estará fechada.

Vantagens Ambientais

  • Captura a radiação solar e regula a condutividade térmica no interior do edifício;
  • Promovo a fotossíntese (a vegetação captura o CO2 do ar e libera oxigênio).

Observações finais

O concreto realmente é algo extraordinário, certamente existem diversos tipos, todos com características e finalidades diferentes.

Saiba mais sobre Bioconcreto clicando aqui.

Continue Reading

Negócios

O que é marketplace?

Published

on

o-que-e-marketplace

Já ouviu o termo por aí, mas ainda não sabe o que é marketplace? Esse método bastante utilizado nas vendas online está ganhando cada vez mais seu espaço entre grandes lojas, como é o caso da Magazine Luiza, Casas Bahia, Extra, entre outras.

Entretanto, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que é marketplace e como esse sistema funciona na prática. Sendo assim, veja a seguir tudo sobre as vendas no marketplace. 

O que é marketplace?

Marketplace é um tipo de e-commerce onde determinada empresa oferece seu espaço de vendas para outros lojistas venderem seus produtos. Ou seja, é o que ocorre com a Casas Bahia, por exemplo. O site dessa loja possui a venda de produtos próprios, mas também conta com outros lojistas que oferecem seus produtos dentro do e-commerce.

Saiba que isso não afeta em nada para a loja, pois você pode usufruir de todos os benefícios que a Casas Bahia oferece como os métodos de pagamento, certificados de segurança, cupom de desconto Casas Bahia, entre outras coisas. Pelo contrário, essas lojas têm a possibilidade de lucrar também dessa forma, seja com um percentual sobre as vendas realizadas no site ou ainda oferecendo planos especiais para os lojistas.

Portanto, trata-se de uma relação que beneficia a todos. As plataformas e lojas conseguem aumentar o catálogo de produtos facilmente e ainda lucram com as vendas dos lojistas, os lojistas conseguem um espaço para vendas mais barato do que montar o próprio e-commerce, e os consumidores conseguem preços mais acessíveis nos produtos, já que os custos para os lojistas são menores.

O que significa marketplace?

O significado de marketplace é “local onde é realizado o comércio de bens e serviços”. O termo provém do inglês por meio da junção de dois termos: “market” que é o mesmo que “mercado” e “place”, que significa “local”. Atualmente, esse termo é utilizado nos comércios eletrônicos para designar as plataformas de vendas de produtos de lojas parceiras.

Hoje em dia você encontra marketplace em diversas lojas e sites, como o Mercado Livre, OLX, Facebook, Extra, Carrefour e muitos outros. Isso porque esse método permite ampliar a quantidade de produtos vendidos em uma loja, mas com diversas vantagens à empresa mediadora.

O que é marketplace no Facebook?

O marketplace no Facebook é um local criado pela rede sociais para que lojistas e pessoas possam vender produtos ou oferecer serviços. Antes do marketplace no Facebook, o mais comum era encontrar grupos onde os lojistas faziam seus anúncios.

Com a criação do marketplace na rede social, anunciar, vender ou comprar ficou muito mais fácil, pois a plataforma integra todas as funcionalidades do marketplace ao perfil dos usuários. Logo, é fácil mandar uma mensagem, visitar o perfil da pessoa para saber se é confiável ou não, entre outras coisas.

É confiável comprar no marketplace?

Embora as plataformas ou lojas mediadoras sejam muito conhecidas, você precisa saber que nem todos os vendedores são confiáveis. Felizmente é possível resolver a maioria dos problemas por meio das lojas mediadoras, então caso você tenha algum problema, é fácil pedir estorno ou troca do produto, por exemplo.

Porém, é sempre importante ter alguns cuidados para comprar no marketplace, pois nem todos os vendedores possuem uma boa reputação. Nesse caso, basta conferir o perfil do vendedor, se ele possui reclamações, se possui boas avaliações dos consumidores, entre outros dados desse tipo.

Outra forma interessante de saber se determinado lojista é confiável é pesquisando na internet em sites como o Reclame Aqui. Quanto mais informações você tiver sobre o lojista, mais garantida será sua compra. Em todo caso, tomando os devidos cuidados, é confiável comprar no marketplace assim como nas demais lojas online.

Continue Reading

Trending