Connect with us

Negócios

Diferença entre importação e exportação

Published

on

diferenca-importacao-exportacao

A principal diferença entre importação e exportação é que a importação se refere à compra de bens ou serviços de qualquer outro país para o país de origem, enquanto a exportação se refere à venda de bens ou serviços do país de origem para outro país do mundo.

Importação e exportação são termos comumente ouvidos no comércio internacional e são atividades realizadas por todos os países do mundo. Como nenhum país do mundo é autossuficiente, todos os países importam e exportam.

O que é importação?

Importar significa receber itens ou serviços de outro país para a sua base financeira. Basicamente, importar é comprar produtos e serviços de outros países. Afeta diretamente a situação econômica do país receptor. Muitos países importam o petróleo bruto e o combustível dos países do Oriente Médio que são ricos nessa matéria prima. Portanto, os países importadores têm que gastar grande parte de sua renda nacional para importar esses recursos necessários para seus países.

É o esforço de todos os países do mundo para alcançar a paridade em suas exportações e importações. Mas, na realidade, nunca é assim e é aí que entra o balanço de pagamentos. Em uma situação ideal, onde as exportações equivalem às importações, um país pode utilizar o dinheiro ganho com as exportações para importar bens e serviços de que necessita. Hoje, há tanta interdependência no mundo que empresas e nações preferem importar itens que não podem fabricar ou que se revelam mais caros se tentarem produzir sozinhas.

Portanto, deve haver um equilíbrio entre as importações e exportações de um país. Se um país importa mais e exporta menos, isso significa que há um desequilíbrio na compra e venda de recursos daquele país e pode levar a graves flutuações econômicas.

O que é Exportação?

Exportar significa enviar itens ou serviços de um país para o país de origem em uma base financeira. Se um país é rico em um determinado minério porque possui reservas naturais desse minério na forma de minas, o país pode exportar esse minério para outros países do mundo. Isso é particularmente verdadeiro para os países produtores e exportadores de petróleo bruto. No entanto, todos esses países dependem de outros países para muitos outros produtos e serviços, razão pela qual eles precisam importar esses itens de outros países do mundo.

As exportações rendem dinheiro para um país, enquanto as importações significam despesas. Por exemplo, a Índia é um país que possui uma grande quantidade de mão de obra qualificada no setor de TI. Essa mão de obra exporta seus serviços para empresas que fazem negócios em outros países, ganhando assim moeda estrangeira para a Índia. Por outro lado, a Índia depende de petróleo e armas de outros países e precisa importá-los para suas necessidades de energia, bem como para seu exército. Ele pode gastar a moeda estrangeira que ganha com as exportações para importar bens e serviços nos quais é deficiente. Este é o conceito básico por trás das exportações e importações.

Na verdade, existem empresas que se especializam em exportação e importação e podem providenciar mercadorias para qualquer empresa de um país estrangeiro em um curto espaço de tempo, pois tem uma rede de contatos bem desenvolvida. Da mesma forma, as grandes empresas na China exportam produtos em grandes quantidades, tornando a China o principal país exportador do mundo.

Qual é a diferença entre importação e exportação?

Importação e Exportação são atividades significativas no comércio internacional. Importar significa basicamente comprar bens e serviços de outros países para atender à demanda de bens ou serviços que estão ausentes ou em escassez no país de origem.

Pelo contrário, Exportar significa vender bens e serviços do país de origem para outros países, de modo que sua presença global e seu mercado global aumentem e novas demandas por seus produtos e serviços domésticos floresçam da mesma forma.

Resumo – Importar vs Exportar

Tanto a importação quanto a exportação são essenciais para o desenvolvimento de qualquer país, pois nenhuma nação é autossuficiente. A diferença entre importação e exportação é que a importação significa comprar bens ou serviços de um país diferente para o país de origem, enquanto a exportação significa vender bens ou serviços do país de origem para outro país do mundo. Portanto, deve haver um equilíbrio adequado entre as importações e exportações de um país, uma vez que o problema surge quando as importações são muito altas, enquanto as exportações são muito baixas, levando a um sério balanço de pagamentos em um país.

Continue Reading

Negócios

Profissional liberal: O que é e quais suas características?

Published

on

profissional-liberal-suas-caracteristicas

Você sabe o que é um profissional liberal? Não? Então continue lendo o artigo que vou explicar o que é um profissional Liberal. 

 Quando você trabalha fazendo aquilo que gosta, então não é trabalho, mas sim um prazer, pois você determina os seus horários de trabalho, não tem nenhum chefe no seu pé e pode ganhar muito dinheiro…Você acha que isso é ser um profissional liberal?…Saiba que não é!

Ao contrário que muita gente pensa, o profissional liberal é um trabalhador que apresenta as características abaixo:

·         É registrado no Conselho Nacional de acordo com a sua profissão;

·         Possui uma formação técnica específica;

·         Contribui com o sindicato da sua categoria.

Por isso ele pode trabalhar na sua profissão abrindo uma empresa ou não, ele decide como quer trabalhar. Hoje em dia existe no Brasil milhares de profissionais liberais que optaram por ter uma profissão e trabalhar abrindo seu consultório ou até mesmo trabalhando de empregado.

Se você ainda está na dúvida e não sabe o que é um profissional liberal, então continue lendo o artigo que você vai encontrar a explicação que precisa e tirar todas as suas dúvidas.

Quem são os profissionais liberais? 

Podem ser profissionais liberais os trabalhadores que se enquadram nas categorias abaixo:

·         Administradores

·         Compositores artísticos musicais e plásticos

·         Geólogos

·         Advogados

·         Contadores   

·         Jornalistas

·         Agrônomos  

·         Corretores de imóveis

·         Leiloeiros      

·         Químicos

·         Arquitetos    

·         Economistas

·         Médicos         

·         Relações Públicas

·         Arquivistas   

·         Educadores físicos    

·         Médicos veterinários  

·         Sociólogos

·         Artistas           Enfermeiros 

·         Museólogos 

·         Técnicos em informática

·         Atores 

·         Engenheiros

·         Músicos         

·         Técnicos agrícolas

·         Atuários         

·         Enólogos       

·         Nutricionistas 

·         Técnicos em contabilidade

·         Autores teatrais         

·         Escritores      

·         Oceanógrafos  

·         Técnicos em radiologia

·         Bacharéis em Ciências da Computação           

·         Estatísticos   

·         Odontologistas          

·         Técnicos industriais

·         Bibliotecários  

·         Farmacêuticos

·         Parteiras        

·         Tecnólogos

·         Biólogos        

·         Fisioterapeutas          

·         Professores (particulares)    

·         Terapeutas ocupacionais

·         Biomédicos  

·         Fonoaudiólogos         

·         Profissionais da Tecnologia da Informação (TI)          

·         Tradutores

·         Cenógrafos   

·         Fotógrafos    

·         Protéticos dentários

·         Zootecnistas.

Qual a diferença de profissional liberal e autônomo? 

O profissional liberal é aquele que possui uma formação acadêmica, tem conhecimento na área que atua, sua formação pode ser acadêmica ou até mesmo na área técnica e pode exercer a sua profissão da forma que escolher, pode ser empregado ou autônomo. 

Já o profissional autônomo, pode exercer a sua profissão sem ter uma formação acadêmica, ele trabalha por conta própria, sem ter nem um curso técnico. 

Qualquer pessoa pode ser um profissional autônomo e hoje é possível se encontrar mais profissionais autônomos do que antes da pandemia.

O que é um profissional liberal autônomo? 

Um profissional liberal autônomo é aquele que possui formação acadêmica, ou seja, se formou em um curso técnico ou em uma universidade e pode atuar como autônomo, pode ter seu consultório, sua clínica, sua oficina, enfim, ele pode escolher a melhor forma de atuar. Porém é preciso ter uma formação.

Quais os impostos que o profissional liberal deve pagar?

O profissional liberal também precisa cumprir com suas obrigações e precisa prestar contas de tudo que faz trabalhando, ou seja, o dinheiro que entrar a partir do seu trabalho. Se ele atua como pessoa física deverá recolher Importo de Renda (IR), deverá contribuir também para o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), para o Imposto de Serviços (ISS) e para o PIS.

Quando o profissional liberal presta serviço para pessoas físicas deverá preencher todo mês o Carnê do Leão, deverá também conferir o IR e fazer o recolhimento de acordo com a DARF. Se for uma pessoa jurídica deverá recolher também impostos como PIS, Cofins e CSLL. É importante ficar atento, pois pode haver um recolhimento anual da taxa da categoria que o profissional faz parte.

As alíquotas podem mudar de valor, pois elas são baseadas de acordo com os valores dos serviços que são prestados, como por exemplo, o IR.

É importante nunca confundir profissional liberal com profissional autônomo, pois há uma grande diferença entre os dois profissionais, como já foi mencionado acima no texto e até colocado a categoria que esses profissionais liberais se enquadram. 

O profissional autônomo não tem direito a férias, Décimo Terceiro Salário, e para ter direito a uma aposentadoria no futuro, ele mesmo deverá contribuir para a Previdência Social, na categoria de contribuinte individual.

Continue Reading

Empresa

COMO AS EMPRESAS USAM O WHATSAPP PARA AUMENTAR AS VENDAS.

Published

on

como-empresas-usam-whatsapp-aumentar-vendas

Assistir milhões de pessoas a usar o WhatsApp para vendas é algo que os criadores do aplicativo nem imaginavam ao criarem a ferramenta, em 2009. Passados onze anos desde o lançamento, o app passou de uma rede para se conectar com amigos e familiares para ser tornar um dos mais poderosos instrumentos de prospecção de vendas

No Brasil, a utilização do aplicativo para transações comerciais é ainda mais relevante. Segundo estudos, o WhatsApp é o aplicativo mais baixado do país, e está presente em 99% dos smartphones. Ainda de acordo com a mesma pesquisa, 93% dos entrevistados afirmou usar o app todos os dias. 

Outro fator que levou o WhatsApp a ser escolhido como uma ferramenta de vendas é a alta taxa de abertura de mensagens dele. Para estratégias de e-mail marketing, esse índice alcança no máximo 20%. Por outro lado, a taxa de abertura de mensagens no WhatsApp atinge 98%. Nenhum outro canal de contato com os clientes pode atingir esse desempenho tão expressivo.

Nesse sentido, as empresas perceberam que, para elevar as vendas, investir no WhatApp era a estratégia ideal.

O USO DO WHATSAPP BUSSINESS PARA AS VENDAS

Com a popularização do WhatsApp para fins comerciais, o Facebook, proprietário do app, decidiu investir nesse segmento. Em 2018, a empresa lançou o WhatApp Business, a versão do aplicativo de mensagens exclusivo para empreendedores, sobretudo, pequenos negócios.

Para as empresas, essa é uma ótima alternativa. Afinal, como citado no início do texto, o WhatsApp é o meio favorito para as pessoas se comunicarem. Além disso, o WhatsApp Business tem funções extras bastante relevantes.

Uma delas é a criação de catálogos. Essa solução ajudou muitas empresas, em especial, após o início da pandemia causada pelo novo coronavírus. A maneira de montar essa apresentação virtual rápida e simples de executar.

Para cada item no catálogo, um gestor pode adicionar informações como a descrição do produto, preço, imagens, nome e o número, no caso de calçados e roupas, por exemplo. A vantagem para o aumento das vendas é a facilidade na visualização dos produtos. Além disso, os catálogos podem ser facilmente compartilhados pelo WhatsApp, e, assim, alcançar ainda mais pessoas.

QUEM VENDE MAIS É QUEM VENDE RÁPIDO NO WHATSAPP

Quando o cliente procura uma solução, e não é atendido com rapidez, é muito provável que ele feche negócio com a primeira empresa que consiga solucionar o problema dele. Ao menos é o que apontam alguns estudos realizados no Estados Unidos. Por isso, além de atender bem, é necessário ser rápido.

Nesse sentindo, o WhatsApp é uma excelente ferramenta para quem deseja aumentar as vendas. O aplicativo é o canal mais eficaz para se atender os anseios dos clientes quanto antes. Além disso, se uma empresa não dispõe de funcionários suficientes, é possível ainda criar chatbots.

Esses assistentes virtuais, programados por meio de inteligência artificial, conseguem responder perguntas frequentes e até mesmo preencher o perfil dos clientes, o que pode ser de grande ajuda para fechar uma venda.

WHATSAPP CRM

O CRM – Customer Relationship Management – é um software usado por empresas de diversos portes para promover o melhor relacionamento com o cliente. Além disso, o CRM serve para impulsionar as vendas de um negócio. Isso ocorre por meio de inúmeras formas.

Uma delas é a integração com outras plataformas, o que inclui o WhatsApp Business. Para o time de vendas, isso tem impacto positivo na captura de novos leads. Afinal, quando um deles realiza algum contato pelo WhatApp, o CRM automaticamente o cadastra no sistema. 

A partir desse momento, qualquer pessoa da equipe tem condições de analisar aquele lead, incluindo o histórico das conversas. Dessa forma, baseado nos conhecimentos sobre aquela pessoa, é mais simples elaborar argumentos convincentes para se realizar uma venda.

UM BOM RELACIONAMENTO COM O CLIENTE GERA MAIS VENDAS PELO WHATSAPP

Para promover as vendas pelo WhatsApp é vital manter boas relações com os clientes. Por isso, oferecer um atendimento de excelência é tão necessário. Nesse cenário, a integração do WhatsApp com um CRM se mostra como uma solução que pode apresentar ótimos resultados.

É fácil entender o porquê. Pelo WhatsApp Business, integrado ao CRM, é possível ter uma conta com múltiplos usuários. O que permite uma empresa, por meio de apenas um número, possibilitar o acesso a ele para vários funcionários. 

Dessa forma, haverá sempre uma ou mais pessoas disponíveis para atender as necessidades de um cliente. Por outro lado, o público-alvo deve adicionar apenas um número na agenda telefônica, sem a necessidade de cadastrar diversos contatos.

Outro benefício são as mensagens para WhatApp prontas. Elas são muito utilizadas por empresas que têm uma equipe com poucos integrantes ou que não tenha serviço 24 horas. O objetivo delas é responder o consumidor imediatamente, seja com uma mensagem de boas-vindas, seja para confirmar um agendamento. Além disso, uma empresa pode programar respostas para questões rotineiras.

Ao fazer isso, e ficarem ainda mais próximas dos clientes, as empresas tem a oportunidade de se relacionar melhor com os clientes, e, dessa forma, aumentar as vendas por meio do WhatApp.

Por Pedro Capistrano Ribeiro – Redator e UX Writer apaixonado pelo marketing, design e por ouvir boas histórias.

Continue Reading

Negócios

Sem uma loja virtual o seu negócio pode afundar em poucos anos

Published

on

sem-loja-virtual-seu-negocio-pode-afundar

Ter uma loja virtual não significa apenas um fluxo de receita adicional para seu negócio, é acima de tudo essencial para a sua sobrevivência no mercado. Ao fazer a transição de seu negócio físico para uma loja online, você pode aproveitar os benefícios dos dois mundos.

O uso do e-commerce pode aumentar muito sua vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes. Mesmo que você tenha um negócio físico bem estabelecido, criar uma loja virtual deve ser uma parte integrante do seu plano de crescimento para evitar que sua empresa afunde em poucos anos, já que muitos consumidores estão aderindo cada vez mais às compras online.

Com consistência nas interações de marca online e offline, você cria uma experiência perfeita entre todos os canais. Uma estratégia multicanal eficaz pode levar seus compradores online a visitá-lo na loja e vice-versa.

Plataforma de e-commerce com Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial pode ajudá-lo a atingir os clientes certos, saber quando e onde alcançá-los, bem como quais os produtos que preferem. E a iGoal será a sua principal aliada para ampliar as vendas, de forma inteligente e automatizada.

No e-commerce, os compradores desfrutam da comodidade de fazer compras 24 horas por dia, 7 dias por semana, conforme seus próprios termos, sem precisar se deslocar até sua loja.

Ao fornecer aos clientes a opção de comprar online, você permite que eles entrem em contato com você no horário que desejarem, da maneira que melhor lhes convém. 

Experiência de compra multicanais

Os clientes de hoje esperam uma experiência de compra unificada sempre que se envolvem com alguma marca, seja em sua loja física ou na loja virtual. Portanto, a integração de uma estratégia de loja física tradicional com a venda online produz uma experiência de compra multicanal. 

Se você está pensando em adicionar o e-commerce ao seu negócio, nunca houve melhor momento para criar uma loja virtual.

Diversifique sua base de clientes

Você provavelmente já sabe que as preferências de compra se enquadram em certas gerações. Enquanto os compradores mais jovens são mais propensos a fazer compras online, as gerações mais velhas preferem o atendimento presencial. Há também pessoas que gostam das duas experiências de compra. 

Sua empresa não será limitada pela sua localização

Na Internet, sua loja não ficará mais restrita a um endereço físico específico. Em vez disso, você poderá comercializar seus produtos para clientes em diferentes cidades. Você pode até começar a comercializar suas ofertas em todo o país ou até mesmo globalmente! 

Devido a esse alcance de público mais amplo, você tem o potencial de aumentar significativamente seu fluxo de receita como nunca antes. Você também pode ampliar suas ofertas, uma vez que você não está mais limitado a armazenar e exibir apenas o estoque que cabe em sua loja física.

Escalabilidade

As  lojas virtuais têm uma capacidade incrível de crescimento. Elas têm uma sobrecarga menor do que as lojas físicas, ao mesmo tempo em que expandem sua base de clientes. Com um nível maior de dados, você pode otimizar seu estoque para os produtos mais vendidos e diversificar estrategicamente suas ofertas. 

Com grande parte do processo de vendas acontecendo digitalmente, o comércio eletrônico exige menos mão de obra. Todos esses benefícios se alinham para oferecer escalabilidade rápida para o seu negócio.

Personalização e tráfego

Ao obter informações do cliente por meio de dados analíticos, você pode personalizar facilmente suas ofertas, a fim de aumentar a satisfação do cliente e promover os produtos que eles provavelmente comprarão. Ter uma presença online por meio de uma loja virtual ajudará a fornecer mais tráfego para seu site e, assim, tornar seu negócio muito mais lucrativo.

Imagem da empresa

Os compradores mais experientes devem recorrer à Internet para encontrar sua empresa online. Sem uma loja virtual, você estará enviando uma mensagem de que não é uma empresa moderna o suficiente. Isso certamente prejudicará a imagem do seu negócio, já que será vista negativamente por clientes em potencial, causando a perda de vendas potenciais. 

Continue Reading

Trending